Institucional | BENATON Fundações

empresa Em 1935 foi fundada no Brasil uma das maiores empresas de estacas pré-fabricadas de concreto, a Estacas Bennachio.
Inicialmente, fabricava estacas de concreto armado, de seção quadrada, que com o passar dos anos, foram substituídas por estacas de seção circular. Produziu também, por determinado período, estacas de seção tronco cônica. Estas estacas eram cravadas por bate-estacas próprios, fabricados em estrutura de madeira e equipados com martelos do tipo queda livre. A movimentação era efetuada através de pranchas de madeira estruturadas ao seu chassis (barriga no chão).
No início dos anos 70, essa empresa foi vendida a um grupo financeiro. Alguns anos depois mudou sua razão social para Paulista S/A Pré-Moldados de Concreto e, posteriormente, Companhia Paulista de Estacas.

Paralelamente, parte do staff da Estacas Bennachio desligou-se desta empresa e fundou a ESTACAS BENATON, que se especializou na produção de estacas em concreto armado, evoluindo-se posteriormente para concreto protendido e seção transversal circular, e desde então a BENATON não parou mais.

Instalou sua fábrica em Cumbica - Guarulhos/SP, e passou a produzir estacas maciças, com capacidade de carga variando entre 20 e 80 tf, e bitolas entre 17 e 38 cm.

Em meados da década de 80, passou a produzir seus próprios bate-estacas, fabricando-os em estrutura metálica, totalmente padronizados e equipados com martelos com massa até 2.800 kg.

Destacou-se ainda por ser pioneira na fabricação de estacas no próprio canteiro de obra – a Fábrica Móvel.

Na década de 90 a BENATON firmou-se no segmento de estacas pré-fabricadas de concreto.

Atualmente a BENATON fabrica estacas com capacidade de carga variando entre 20 e 284tf e bitolas entre 15x15 e Ø70cm.
Para atender tais bitolas de estacas, a BENATON hoje dispõe de martelos com massa variando de 2.800kg a 6.200kg.

Focada em segurança e confiabilidade ao cliente, a BENATON investe no Controle de Qualidade. Foi a pioneira na aquisição do equipamento PDA para análise de cravação de estacas (PDA), equipamento esse que passou a ser utilizado para o controle de fundações executadas, antes mesmo do seu uso se tornar obrigatório pela ABNT.

A BENATON possui um acervo técnico que lhe permitiu a publicação de mais de 20 artigos técnicos em diversos congressos de geotecnia, 2 livros correlacionados ao assunto e, sua participação na elaboração de 2 normas técnicas correlacionadas ao segmento, a NBR-6122/96 e a NBR-13208/94.

Linha do Tempo

BATE ESTACA
Na década de 30 as fundações eram realizadas com equipamentos precários. A máquina era fabricada em madeira de lei, tipo um tripé, com roldana no topo, local onde se encontrava a estaca amarrada e puxada do centro para a lateral, sendo solta para bater. Com o advento da inovação tecnológica, o Bate Estaca evoluiu, sendo desenvolvido o Guincho elétrico e depois à diesel, modelo utlizado ainda nos dias de hoje.

ESTACAS
A história marca a evolução das estacas: da Estaca de Madeira para Estacas de Concreto Armado.

ESTACAS CILÍNDRICAS
As estacas disponíveis no mercado eram todas quadradas armadas, quando foi introduzido no Brasil o processo de fabricação de estacas cilíndricas armadas.

FÁBRICA MÓVEL
1ª Etapa: Fabricação de Estacas Armadas no canteiro de obras:
Já nesta época a fabricação das estacas armadas no próprio canteiro trazia vantagens aos clientes principalmente na redução de custos em geral.

ESTACAS PROTENDIDAS
CILÍNDRICAS VAZADAS

A BENATON é pioneira na fabricação de Estacas Protendidas Cilíndricas Vazadas.

JATO D’ÁGUA
Pré-furo no auxílio da cravação.
O Sistema de pré-furo com jato d’água foi desenvolvido para atender determinados tipos de solos onde é necessário ultrapassar a camada inicial de grande dureza. Atualmente a BENATON desenvolveu o Sistema de Pré-Furo a Seco que ultrapassa camadas com alguns tipos de pedregulho.

PDA + CAPWAP
Pioneirismo no uso de Computador com Sensores para análise.
Garantia e confiabilidade do serviço executado: A BENATON foi a primeira empresa a importar os equipamentos e utilizar na análise PDA (Pile Dinamic Analysis), antes mesmo do seu uso se tornar obrigatório pela ABNT. Atualmente é o principal método de confirmação de suporte às cargas solicitadas em projeto.

FÁBRICA MÓVEL

2ª Fase: Fabricação de Estacas Protendidas no canteiro de obra:
Hoje, a BENATON realiza a fabricação de estacas protendidas no próprio canteiro de obras do cliente. Algumas vantagens são:
» redução de custos.
» melhoria na logística e na qualidade.
» diminuir riscos de fissura nas peças decorrentes de transportes.
» diminuir cargas tributárias de impostos.
» diminuir tempo de obra como um todo.

CENTRAL MÓVEL DE CONCRETO
Para garantir a qualidade das estacas feitas em canteiro e cumprirmos o cronograma de obras, adquirimos uma Central Móvel. Instalada no seu canteiro de obras oferece benefícios como garantia na qualidade de concreto, capacidade produtiva e redução de impostos entre outros.

© 2010 benaton.com.br - Todos os direitos reservados - site by Oesp